Bovespa passa a cair nesta segunda-feira

Na sexta-feira (8), índice da B3 avançou 0,99%, a 95.343 pontos.

O principal indicador da bolsa paulista, a B3, opera em queda, após subir nos primeiros negócios desta segunda-feira (11), sucumbindo à pressão dos papéis de bancos e de empresas atreladas a commodities, destaca a Reuters.

Os investidores também monitoram o noticiário em torno da recuperação do presidente Jair Bolsonaro, considerada fundamental para o avanço das reformas econômicas, e as negociações comerciais entre China e EUA.

Às 12h17, o Ibovespa recuava 0,27%, a 95.083 pontos.

A percepção de desaceleração econômica global, associada com os problemas da Vale, explicam o momento dos mercados no Brasil que abortaram provisoriamente a passagem pelo patamar emblemático de 100.000 pontos da bolsa, escreveu em nota ao mercado o economista-chefe da Modalmais, Álvaro Bandeira.

Destaques

Perto do mesmo horário, as ações da Vale subiam quase 0,5%, com o forte avanço das cotações do minério de ferro na China na volta do feriado do Ano Novo Lunar.

A ação preferencial da Petrobras recuava, em linha com o recuo dos preços internacionais do petróleo e tendo no radar notícia de que a controlada BR Distribuidora iniciou etapa de avaliação e seleção de potenciais interessados em parceria estratégica no segmento de lojas de conveniência BR Mania.

Os papéis do Itaú e do Bradesco também operavam em baixa e estavam entre as principais influências negativas do Ibovespa.

Na sexta-feira, o indicador subiu, em movimento apoiado no avanço dos papéis de bancos e da Vale. O Ibovespa avançou 0,99%, a 95.343 pontos.

Fonte: G1